Elizabeth Gilbert estava com trinta e quatro anos e tinha tudo o que qualquer mulher poderia querer: um marido apaixonado, uma casa espaçosa que acabara de comprar, o projeto de ter filhos e uma carreira de sucesso em New York. Mas em vez de sentir-se feliz e realizada, sentia-se confusa, triste e em pânico.  Até que decidiu tomar uma decisão radical: livrou-se de todos os bens materiais, demitiu-se do emprego, e partiu para uma viagem de um ano pelo mundo – sozinha. Comer, Rezar, Amar  é a envolvente crônica desse ano, um diário de viagem e de buscas subjetivas, que conquistou rapidamente o mundo e o topo da lista entre os best-selers.
"Assim, quis explorar a arte do prazer na Itália, a arte da devoção na Índia, e, na Indonésia, a arte de equilibrar as duas coisas", sintetiza a autora. Por ‘prazer’ entenda-se: comer muito bem! – o que Liz Gilbert realizou com a determinação de uma pesquisadora científica, o apetite e a alegria de uma criança, percorrendo a Itália por todos os ângulos,  por centenas de restaurantes e visitas às cozinhas domésticas entre a coleção de amigos que ela por lá conquistou – andanças que lhe garantiram 11 quilos a mais na balança e proporção semelhante em felicidade.

 

Este Menu baseia-se no livro “Comer, Rezar, Amar”, de Elizabeth Gilbert,
publicação da Editora Objetiva, 2008.

Cheguei à Itália abatida e magra. Ainda não sabia o que eu merecia. Porém, o que sei é que, ultimamente, eu me recuperei - graças à alegria de prazeres inofensivos”...
Couvert
Pães,
Presunto crú, azeitonas e mozzarella de búfala (p.4, p.106 e p.121)
“Encontrar um táxi, encontrar um hotel... e depois preciso encontrar a pessoa certa a quem fazer minha pergunta preferida em italiano: Onde se come a melhor comida desta cidade?”
(a autora, ao chegar a Taormina, Sicília – citado à pág. 120 do livro)

Entrada
Salada de folhas com mini alcachofras e camarão  (p.42)
Caminho pelos mercados dessa cidade em ruínas e meu coração se enche de um amor que não consigo identificar ou explicar”...  (p.121)

 

Prato Principal
Spaghetti Carbonara (p.43)
Ou
                    Risotto de Funghi porcini com Escalope de vitelo à milanesa (p.106)       
Cheguei à Itália abatida e magra. Ainda não sabia o que eu merecia. Porém, o que sei é que, ultimamente, eu me recuperei - graças à alegria de prazeres inofensivos”... (p.124)
Sobremesa
Sorvete
Ou
Tiramisù (p.77)
Na página 117, a autora resolve seguir o tradicional costume americano do jantar de Ação de Graças –jantar que acontece numa típica e acolhedora fatoria , nos arredores de Roma, entre seus mais caros amigos italianos: “de mãos dadas com os presentes à mesa, cada um fala aquilo porque é grato. ... digo uma verdade mais simples – que sou grata pelos amigos antigos e novos”.

R$ 86,00

 

Faça o download do Cardápio, clicando aqui

 

Voltar